domingo, 30 de dezembro de 2012

Vamos remir o tempo!


"Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo, porquanto os dias são maus. Pelo que não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor."
(Efésios 5.15-17)

Dizer que o tempo passa rápido não é nenhuma novidade. Conversando com as pessoas, quase todas dizem ter a sensação de que o tempo está passando mais rápido a cada ano. Literalmente, voando! Frente a isso, estava meditando sobre a necessidade de se remir o tempo, principalmente no que diz respeito à eternidade. 

Nunca as pessoas buscaram o aprimoramento intelectual, o progresso financeiro, a realização amorosa e um corpo sarado como em nossos dias. Em contrapartida, a humanidade nunca esteve tão vazia, tão egoísta e tão corrompida como nos dias atuais. Isso mostra que, embora cultura, dinheiro, amor romântico e beleza sejam coisas boas, são incapazes de tornar o coração do ser humano melhor. Pelo contrário, quando essas coisas "sobem pra cabeça", quando se tornam o centro da vida, acabam é deformando ainda mais as pessoas como temos visto.


Fui ao dicionário pra ver o significado da palavra remir e encontrei o seguinte: "Redimir, resgatar, readquirir, libertar do cativeiro, libertar do poder do inimigo, salvar, livrar das penas do inferno, expiar os pecados." Sabe, Deus tem urgência pela salvação das almas. Vidas e vidas estão sofrendo por não ter vida com Deus. Algumas tem tudo o que o dinheiro pode comprar, são populares em meio aos amigos, atraem a atenção do sexo oposto por onde passam por causa da beleza física, mas têm um vazio interior que nada preenche. Outras pessoas cometeram tantos erros na vida que acham que pra elas não existe mais uma chance. Se pudessem voltar no tempo, não perderiam a oportunidade de fazer tudo diferente! Quando vejo pessoas presas nas drogas, no "sexo livre", no fundo de uma cama hospitalar, na depressão, tentando o suicídio, me dá uma dor e uma revolta! Porque é a alma das pessoas gritando por um refrigério, por uma saída, por um livramento que esses subterfúgios não trazem, muito pelo contrário! As pessoas passam é a ter nojo de si mesmas, perdem o senso de valor próprio, querem mais é nunca ter existido!



É preciso que mais e mais cristãos entendam qual é a vontade do Senhor: que se disponham em consagração a Deus em favor das almas. Que digam pra Deus "Eis-me aqui!", pois a volta do Senhor Jesus está cada dia mais próxima! Irmão(a), busque intimidade com o Espírito Santo, liberte-se do seu eu doente, pra que você tenha a vida de Deus pra passar ao próximo. Afinal, sem Ele, realmente nada podemos fazer. Pare de se preocupar com seus interesses relativos à vida terrena, e preocupe-se com a causa do Reino de Deus. Deus acrescentará tudo o mais que você necessita. Viva e transmita a Palavra de Deus aos famintos pelo Pão do Céu, e olhe somente pra o Senhor Jesus. Agindo assim, você salvará a si mesmo (pois quem  olha pra frente, e está ocupado arando e semeando a terra, não tem tempo pra olhar atrás) e salvará aos que lhe derem ouvidos. 



Milhares de pessoas esperam por mãos que se estendam e que as puxem pra fora do caos interior em que se encontram. Elas esperam por alguém que lhes diga que existe uma saída: que o Senhor Jesus tem poder pra preencher o vazio que elas trazem na alma e pra lhes dar paz, alegria e certeza da salvação eterna. Uma vida próspera em todos os sentidos! 

Vamos remir o tempo! Jesus Cristo, o grande Remidor das almas, conta conosco!



E por falar em remir o tempo, gostaria de compartilhar com vocês um poema (que é mais uma oração) que escrevi algum tempo atrás e que fala sobre isso. Um 2013 de semeadura e de colheita pra todos nós!



O TEMPO

Mais um ano se passou
E com ele o tempo
Tua Palavra me lembra
Que há tempo para tudo
E que Tua vontade é
Que não o desperdice
Neste Novo Ano que se inicia
Dá-me Tua sabedoria e Tua graça
Para bem utilizá-lo
Em Teu Serviço
Tanto há para ser feito
E poucas as mãos para realizá-lo
Tu buscas servos
Então, eis-me aqui
Ensina-me, Senhor, a remir o tempo
Enquanto é tempo...




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...