terça-feira, 1 de abril de 2014


"E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide e anunciai a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e aos pobres está sendo pregado o evangelho." (Mateus 11.4-5)
 
Existe muita riqueza a ser garimpada em apenas estas poucas palavras do Senhor Jesus. Foram a resposta Dele a uma indagação do profeta João, o batista.
Uma das riquezas nessa palavra é quando Cristo diz que 'aos pobres' está sendo pregado o evangelho. Por que Ele disse isso? Alguém pode dizer que é porque Jesus se preocupa com os pobres. Isso é verdade. Jesus sempre procurou os pobres e iletrados (ao contrário dos religiosos). Mas tem algo mais profundo que Jesus quis dizer. Por acaso, você percebeu que, no mesmo contexto em que Ele fala de coisas que sabemos serem ruins (doenças), Ele também inclui a pobreza? Em outras palavras, Ele está dizendo que veio livrar as pessoas de tudo o que é ruim. Assim como a doença é algo mau, a pobreza também o é.

A ideia de que a pobreza é provaçao, algo a ser aceito resignadamente, é um pensamento religioso que não tem base bíblica. Uma coisa é a pessoa passar privações, por exemplo, pela pregação do Evangelho. Quantos pastores passam necessidades ao irem levar a Palavra de Deus em lugares pobres, até a Obra se estabilizar no lugar. Mas outra coisa bem diferente é a pessoa passar apertos por falta de visão, por falta de entendimento. Ou seja, por achar que leva uma vida severina porque "Deus quer assim". Desde quando a pobreza, a miséria glorificam a Deus? É uma simples questão de raciocinar e de conhecer a Deus, de conhecer como Ele pensa. 

Deus deseja o melhor para os seres humanos. Somos a obra-prima da Sua criação! Como que o Deus todo-poderoso, dono do ouro e da prata, vai gostar de ver a humanidade na pobreza? É questão de raciocinar, de ampliar a visão, de se libertar através do conhecimento da verdade bíblica. Mais um motivo porque a Palavra de Deus precisa ser pregada.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...