terça-feira, 4 de abril de 2017

Poemeto III




É de Papel

Amassada, rasgada
Queimada e consumida
De nenhum préstimo
De lado, esquecida
Assim é a fé
Quando de papel





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...